quinta-feira, 20 de setembro de 2012

O Corpo, Templo do espírito


Ao ler a obra “A caminho da Luz”, psicografada por Francisco Cândido Xavier, ditada pelo espírito Emmanuel, encontramos logo na introdução do capitulo 2, o entendimento que nos primeiros dias de nascimento do nosso orbe, sob a orientação misericordiosa e sábia do Cristo, há 3,85 bilhões de anos atrás , laboravam na Terra, numerosas assembléias de operários espirituais, edificando as primeiras células que nos séculos futuros seriam os seres complexos dotados de inteligência.




Mas adiante, no mesmo livro, observamos estes seres unicelulares de formas amebóides, ampliando seus conhecimentos, recebendo lições valiosas através do convívio como seus semelhantes. Imaginemos a dificuldades destes seres em conseguirem alimentos em um meio ainda turbulento e em constante mudança. Um único ser não poderia sobreviver por muito tempo isolado e sozinho. Assim aprendem, depois de milênios de experiências, que a vida em comunidade é muito mais segura e produtiva. Surgem assim os primeiros seres multicelulares, que começam dividir seus corpos primitivos em sub-setores responsáveis por tarefas específicas. A qual todas as células se beneficiariam. Começam a surgir células especializadas na captura de alimentos, outras em expelir as impurezas, outras com a tarefa de coletar oxigênio e distribuir as demais, surgindo assim órgãos primitivos.

De tarefas simples, após bilhões de anos de especialização, surgem os órgãos complexos, extremamente especializados, os primeiros corações e brônquios. Mas adiante o primeiro sistema nervoso e os órgãos de procriação. Definindo seres mais complexos e estruturados. Encontramos-nos agora há 2,5 bilhões de anos atrás.

Bilhões de anos são passados em aperfeiçoamento das formas. Estamos há 542 milhões de anos atrás, seres enormes povoam a terra, a mãe natureza em seu conhecimento infinito, elabora através da lei da seleção natural, raças adequadas ao planeta Terra.

Encontramos-nos há 10 milhões de anos atrás, surgem os primeiros selvagens de compleição melhorada, surgem os primeiros descendentes da raça humana.

Observamos com este breve histórico, quanto tempo a mãe natureza, através dos engenheiros siderais, demorou-se para elaborar a forma atual de nosso corpo. Imaginemos quão felizes e satisfeitos devem ter ficado estes anjos da criação, ao verem sua obra finalizada.

No capítulo XI do livro dos espíritos, aprendemos que em nossa escala evolutiva, vivenciamos experiências por todos os reinos da criação. Entendemos que todos os seres da criação de Deus, são nossos irmãos em evolução, aos quais devemos nosso maior respeito e auxílio em suas próprias evoluções. Assim, compreendemos que até a mais ínfima célula é importante em nossa cadeia evolutiva.

Hoje sabemos que o corpo humano é constituído de mais de 100 trilhões de células, sendo que 90% das células do nosso corpo são microrganismos que vivem simbioticamente em nosso intestino, estômago, boca, nariz, garganta, aparelho respiratório e sistema geniturinário. As bactérias que constituem essa selva microscópica, derivam seus nutrientes de nós, mas pagam pela hospedagem se encarregando de várias tarefas essenciais para nossa saúde, incluindo a proteção contra doenças e a conversão metabólica de nutrientes.
 

Agora, pesemos qual o tamanho de nossa responsabilidade em relação a todos estes 100 trilhões de células que dependem de nós para evoluírem e aprenderem com nosso exemplo de conduta. Principalmente com o nosso comportamento em relação ao nosso corpo, que influenciará diretamente os seus desenvolvimentos orgânicos. Imaginemos quantas células pulmonares assassinamos quando enchemos nossos peitos com a fumaça venenosa dos cigarros? Quantas delas, responsáveis por cuidar de nosso trato gastrointestinal não são prejudicadas, quando a saturamos de bebidas alcoólicas? Quantas destas células não sofrem quando são obrigadas a armazenar o excesso de gorduras que nos alimentamos?
 

Estas irmãzinhas vivem e morrem para permitirem que nosso espírito imortal, possa residir em uma casa perfeita. Que foi elaborada a bilhões de anos por entidades de elevadas hierarquias.
 

Então meus irmãos, cuidemos com o máximo de amor e carinho, deste nosso corpo, que nos auxilia em nosso crescimento moral e espiritual. Ele com toda certeza é um templo de sublimes vibrações, abençoado e elaborado pelo próprio Cristo planetário.
Cesar Camargo - Evangelizador Infantil
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário